Acne

É, a acne é algo complicado… Mas não é impossível de tratar, sim ! da pra controlar, e melhorar muito a aparência da pele.

Mas afinal o que é acne?

A acne é uma doença da unidade pilosebácea de predisposição genética cujas manifestações dependem da presença dos hormônios sexuais.

  • Acomete homens e mulheres – hormônios.
  • As manifestações ocorrem principalmente na região da face e no tronco – glândulas sebáceas.

O aumento da secreção dessa glândula sebácea associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilossebáceo, dão origem aos comedões.

acne desenho fonte: (google imagens).

Essas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação sendo o Propionibacterium acnes – agente infeccioso mais comumente envolvido.

Variação da classificação da acne em graus I,II,III e IV.

  • Acne Graduação Leve – ocorrem de poucas e várias pápulas e pústulas e nenhum nódulo.
  • Acne Graduação Moderada – ocorrem de várias a muitas pápulas e pústulas e poucos a vários nódulos.
  • Acne Graduação Grave – ocorrem numerosas e/ou extensas pápulas e pústulas e muitos nódulos.

TIPOS DE ACNE:

Acne comedogênica

acne comedogênica fonte: (google imagens).

Tipo mais precoce da acne, normalmente consiste de comedões não inflamatórios . Se desenvolve na pré-adolescência, sendo causada pela produção aumentada e descamação anormal das células epiteliais . Não há lesões inflamatórias, pois a colonização pelo P.acnes ainda não ocorreu.

Acne Solar

acne solar fonte: (dermatologia.net)

Pode ser evitada com a utilização de filtros solares “oil free” aplicados antes e durante a exposição ao sol.

Acne cosmética

acne fonte: (google imagens).

Comedões fechados e abertos, pápulas e pústulas podem se desenvolver em mulheres pós-adolescentes que aplicam regularmente camadas de cosméticos que contém substâncias oleosas que ocluem o óstio folicular. Essa pode ser a primeira experiência da paciente com acne.

Dica: usar cosméticos suaves em bases aquosas e evitar programas de cosméticos que defendem a aplicação de múltiplas camadas de soluções de limpeza em creme e bases.

Acne medicamentosa

acne medicamentosa fonte: (google imagens).

Acne por esteróides que aparece em indivíduos predispostos e suas lesões difrerem da acne vulgar por serem de tamanho uniforme e distribuição simétrica, normalmente no pescoço, tórax e dorso.

Acne ocupacional

acne ocupacional fonte: (google imagens).

Erupção extensa e difusa de grandes comedões e pústulas pode ocorrer em alguns indivíduos expostos a certas substâncias químicas industriais, como hidrocarbonetos clorados e outros solventes derivados do alcatrão e de óleos. As Lesões ocorrem nas extremidades e no tronco, onde as roupas saturadas com as substâncias químicas estiveram em contato prolongado com a pele.

Acne genética / Hereditária

acne hereditária fonte: (google imagens).

Antecedentes familiares de formas severas de acne, quando estudados, determinam que, em processo como a acne, a expressão genotípica representa a soma de vários genes, cada um dos quais não é por si só suficientemente forte, estando muito influenciados por fatores externos.

Acne por fatores hormonais

acne hormonal fonte: (google imagens).

Normalmente o processo acneico tem início na puberdade que coincide com a maior produção de cortisol e andrógenos acompanhando a maturação das glândulas supra-renais.

Fatores locais intrínsecos – Certas alterações morfológicas, funcionais e fisico-químicas da unidade pilo-sebácea favorecem a formação do comedão. Estão vinculados aos fatores genéticos.

Fatores locais extrínsecos – Cosméticos faciais ricos em óleos tamponam as células que seriam descamadas, promovendo uma oclusão. Os derivados do petróleo, a lanolina, e certas vaselinas possuem efeitos comedogênicos. Exposição prolongada a climas quentes e úmidos pode piorar a acne.

Pensa que acabou? não… ainda tem mais… a acne tem várias causas… ainda existe acne causada por fatores emocionais como o stress. Acne neonatal e tantos outros tipos… não é tão simples diagnosticar a acne, mas um profissional esteticista pode identificar e orientar o melhor tratamento, dependendo do grau de acne é recomendado que o cliente faça um tratamento com o médico dermatologista.

TRATAMENTO:

A avaliação da pele e a indicação do seu grau de acne pode ser feita por um profissional esteticista; Caso seja um grau leve de acne, Grau I ou Grau II poderá ser indicado tratamentos secativos, limpeza de pele profunda, ionizações, máscaras de argila, aplicação de ácido salicílico entre outros tratamentos.

Além da indicação de produtos cosméticos para o cuidado da pele em casa.

Dependendo do grau de acne o tratamento deve ser orientado por um médico dermatologista, profissional capacitado para indicar os medicamentos ideais para cada caso. A duração do tratamento é longa.

Fonte: http://www.dermatologia.net

Livro: acne tem cura – Lydia Preston & Otávio Macedo. editora globo.